Insônia

sexta-feira, fevereiro 26, 2016 Unknown 12 Comments


(Repostando...)

Alguns dias eu fico assim, sem conseguir dormir e mil coisas se passam pela minha cabeça.

A primeira delas é sempre o quanto eu sou feliz e realizada na vida pessoal, encontrei minha alma gêmea, que me deu um filho lindo, saudável que é a minha razão de viver.

E a segunda é ficar buscando na memória, os outros sonhos que a pequena Carlinha tinha, há uns 20... 25 anos atrás.

Com cinco anos, eu queria ser dançarina, fazia ballet numa academiazinha estilo fundo de quintal que tinha no meu bairro, eu era a melhor aluna da classe, a mais esforçada e que aprendia tudo mais facilmente, aos poucos fui deixando esse sonho morrer, por conta da discriminação que sofria por ser gorda.

Com dez anos, comecei a ajudar meus colegas de sala de aula com as matérias que eles tinham dificuldade, depois as mães dos alunos menores do colégio ficaram sabendo que eu gostava de ensinar e "me contrataram" pra dar aulas de reforço escolar, de repente meu sonho tinha mudado e eu queria ser professora.

Com quinze anos, consegui finalmente emagrecer, além do ballet, comecei a fazer aulas de ritmos e comecei a imaginar que eu bem que poderia unir meus sonhos anteriores um um só, ser professora de dança.

É claro que quando minha família descobriu o que eu estava tramando, trataram de me podar imediatamente, alegando que eu morreria de fome se fosse escolher trabalhar nessa área, me aconselharam a parar de perder meu tempo com toda essa baboseira e eu como uma boa filha, sempre muito obediente, simplesmente acatei.

Continuei a dar aulas de reforço escolar e pra complementar meus ganhos e pagar meu segundo grau, comecei a trabalhar de manicure.

Logo que terminei meu segundo grau, fui procurar um emprego de carteira assinada, pra poder pagar um vestibular (sentia uma saudade imensa dos meus alunos).

Consegui meu primeiro emprego numa panificadora, eu era balconista, caixa, limpava o chão, lavava os banheiros, não fazia cara feia pra serviço nenhum, porém, chegava em casa tão exausta, que não conseguia mais sonhar.

Com mais ou menos oito meses de carteira assinada, sem muitas expectativas de crescimento na empresa, pedi pra sair, logo em seguida consegui outro emprego de caixa num açougue quase vizinho ao emprego anterior, o salário era o mesmo e o horário era mais flexível, neste eu consegui estudar em casa, me inscrevi no vestibular, passei pra o curso de Bacharel em Física (é loucura, eu sei, mas adoro essa matéria).

Acho que foi a partir daí que comecei a perder totalmente meu foco...

Já iniciada minha "carreira profissional", era ainda isso que eu queria? Ser professora de física? Não, então, abandonei a faculdade...

E a dança? E a pouca grana que eu receberia se seguisse com esses planos? E as oportunidades de empregos com salários melhores, deixaria passar?

Não deixei... Aceitei o emprego de recepcionista numa construtora, que logo depois passei a ser secretária (nesse meio tempo comecei a fazer faculdade de administração, aos trancos e barrancos) e agora sou administradora.

Se eu parei de sonhar? Não!

Algumas madrugadas sem sono, como esta, continuo me vendo numa sala de baby class, ensinando ballet pra pequenas princesinhas, que me matam de orgulho fazendo tudo direitinho e me dando mais entusiasmo dia após dia.

Ou as vezes, me vejo numa sala de aula de pré escolar, com umas trinta crianças, fazendo dinâmicas para distrair os pequeninos no primeiro dia de aula.




Sonhar é uma coisa maravilhosa, mas as vezes, pode ser muito doloroso...
(às 00h45 do dia 20/06/2012)

.














12 comentários:

  1. :n Carlinha você já é uma vencedora, por que enquanto temos sonhos, temos o combustível para ir em frente, a fé primeiro em você( sim em você) e depois em Deus, pois, Ele precisa ver a sua atitude em dar o primeiro passo para Te guiar e abençoar. A insônia do 'crescimento' é assim mesmo com certeza serão planos que se tornarão realidade. Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Legal, bonita sua história...


    Nunca é tarde pra sonhar e realizar seus sonhos....

    Só precisa planejar; focar e buscar formas para realizá-los.... Ir atrás deles !! Força de vontade você têm !! Abraços =)

    ResponderExcluir
  3. Que lindo, Carlinha! Que maravilha vc dividir isso com suas leitoras! Você, com certeza, é uma vencedora!!! Um exemplo!!! Nunca deixe de sonhar, nunca é tarde para realizar nossos sonhos!!!
    Beijoooos!!!

    ResponderExcluir
  4. CORRA ATRAS DO SEU SONHO, POR QUE TUDO É POSSIVEL QUANDO SE QUER!
    BJS!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Queria segue para voçê um poema que eu acho que nos fortalece a cada dia, nunca deixe de sonhar sonhar faz bem a alma.

    Bjos e leia o poema.

    Coragem

    Diz uma antiga fábula que um camundongo vivia angustiado com medo do gato. Um mágico teve pena dele e o transformou em gato.

    Mas aí ele ficou com medo do cão, por isso o mágico o transformou em cão.
    Então, ele começou a temer a pantera e o mágico o transformou em pantera.
    Foi quando ele se encheu de medo do caçador. A essas alturas, o mágico desistiu.
    Transformou-o em camundongo novamente e disse:
    “Nada que eu faça por você vai ajudá-lo, porque você tem a coragem de um camundongo”.
    É preciso coragem para romper com o projeto que nos é imposto. Mas saiba que coragem não é a ausência do medo, e sim a capacidade de avançar apesar do medo.

    ResponderExcluir
  6. POxa, quando lembro tudoq ue eu queria fazer.Alguns sonhos realizei, e tenho muitos ainda...
    Mas, jamais desisto.
    Beijos


    Jany

    http://dosaltoaltoaofilo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Eu sou administradora também. Mas você deveria ter ser formado é em pedagogia, pra poder dar aulas pra crianças.

    ResponderExcluir
  8. :n Espero suas insônias então! que maravilhoso texto/desabafo! Eu também querida digamos que abri mão de muita coisa por ser "obdiente" agora fiz um acordo e sai de um emprego infeliz , passei 13 anos por lá! E sonhos a gente realiza! Estou recomeçando! Nunca é tarde! bj

    ResponderExcluir
  9. Pedagogia tem tudo haver com vc.

    ResponderExcluir
  10. Adoro essa história! Nunca é tarde para realizar seus sonhos!
    Você consegue o que quiser!
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Baaah, guria! Que depoimento!
    Só te digo uma coisa: NUNCA DESISTE DE REALIZAR OS TEUS SONHOS! RETOMA O FOCO, ORGANIZA A MENTE E O ESPÍRITO QUE AS COISAS COMEÇARÃO A ACONTECER... Fácil?? NÃO! Aliás, é muito difícil! Mas te digo uma coisa: é muito bom a gente enxergar nosso trajeto lá na frente, exaustas da dura batalha, mas com o espírito em plenitude porque realizamos nosso sonho...Não tem palavras pra descrever... Estarei torcendo para um dia desses ler uma postagem sobre como recomeçaste alcançar teus sonhos novamente...
    Grande Beijo! Muitas bênçãos!
    Morgan Mahira

    ResponderExcluir