Motivação no trabalho

terça-feira, janeiro 07, 2014 Unknown 2 Comments







Depois que fiz este post, muitas pessoas tem dividido comigo suas experiências sobre desmotivação principalmente nos seus empregos e tenho recebido muitos questionamentos de como consegui vencer esse obstáculo, então tudo isso me motivou a fazer este post.

Eu era uma pessoa que vivia reclamando do emprego, só conseguia ver o lado ruim de tudo e não fazia nada para tentar mudar esse quadro, pelo contrário, estava num estágio tão complicado, que alimentava cada vez mais minha insatisfação, chegando ao ponto de enxergar qualquer mudança no ambiente, como uma ameaça pessoal, achava sexta o dia mais lindo da semana e já no domingo a noite, começava uma deprê braba (chegava até a chorar as vezes)! 

No começo de 2013, entrou em cartaz este filminho infantil chamado Detona Ralph, eu amo essas animações, em especial da Disney Pixar e não somente para acompanhar o Nandinho, antes mesmo de ser mãe, eu sempre assistia, então fui ao cinema com meu filho, assistir sem pretensão nenhuma, e quem diria que esse filminho infantil deu um banho de água fria daqueles na minha desempolgação?

Quem já assistiu vai entender direitinho o que eu quis dizer, quem nunca viu, faça o favor de alugar hoje! Pois se este filme for visto de coração aberto, tem muito (tapa na cara) ensinamento que podemos aproveitar na vida real.

Ralph é um vilão, que está cansado de ser mal, não se identifica com seu trabalho e participa até de um grupo de terapia para tentar se curar, se mete numa confusão enorme quando decide ir em busca de uma mudança e por conta de todas essas atitudes, acaba descobrindo o quanto seu trabalho é importante para terceiros, que sem ele fazendo o que faz, pessoas que ele ama sofreriam consequências graves, ou seja, ele descobriu que é insubstituível.

Esse filminho bobo, me fez abrir os olhos e reconhecer que tudo que eu tenho hoje é por conta do meu emprego, lembrei da minha vida onze anos atras, acordando às 4h da madrugada, pegando ônibus lotado, pra passar dez horas varrendo chão, limpando banheiro, servindo mesas, lavando pratos e ainda aguentado abuso de clientes chatos.

Fui galgando melhorias, fiz faculdade, comprei carro,  casa, viajei, meu filho estuda numa boa escola, tem todo conforto que uma criança merece e por mais que dez anos possa parecer uma eternidade para muitos, pra mim é só um começo, pois aprendi que nada na minha vida vem de mão beijada e muito menos acontecem do dia pra noite, tudo que eu tenho de substancial, fui adquirindo aos poucos, talvez por isso não seja tão perceptível quando visto de relance.

“Eu sou mau e isso é bom. Nunca serei bom e isso não é mau. Não há ninguém que eu queria ser além de mim.”

2 comentários:

  1. Carlinha, esse filme é uma graça mesmo, adoro quando esses desenhos conseguem passar mensagens legais como essa! Inclusive, assisti este filme hoje ;x haha Também sempre passei por muita desmotivação em diversos trabalhos, mas fui aprendendo que tudo está na maneira como vemos ás coisas. Se formos esperar que sejamos vangloriados por cada conquista que fizermos, então vamos esperar em vão. Temos que fazer as coisas por nós mesmos, admirar nosso crescimento, querer sempre crescer mais, e gostar daquilo que fazemos, e não torcer o nariz pra novas possibilidades né? Sempre há um lado bom nas coisas, se a gente parar pra tentar enxergar!

    Beijos.
    www.babybelchior.com

    ResponderExcluir
  2. Eu assisti essa semana, no dia que li seu post o filme passou a noite no TC Pipoca, achei o máximo, filme muito fofo mesmo e muito legal a intenção, a mensagem, gostei bastante. Meu filho amou, já assistiu mais uma vez e todo dia agora quer ver.... kkkkk Bju Carlinha, obrigada pela dica.

    ResponderExcluir