Jejum de atividades físicas

terça-feira, maio 17, 2016 Unknown 3 Comments





Neste dia 17 de maio de 2016 completo exatos 45 dias sem pedalar e 49 dias sem ir para academia...

Desespero toma conta de mim e confesso que não lembro de ter sentido tanta ansiedade como estou sentindo nesses dias, não tem sido nada fácil.

Tudo começou após minha menstruação do mês de março, que se estendeu por mais de dez dias, resolvi procurar minha ginecologista pra saber o que estava acontecendo, pois mesmo depois de recomeçar com os anticoncepcionais, o sangramento não parou, nem diminuiu.

Minha médica solicitou vários exames e num deles foi descoberto um pólipo uterino, que segundo ela poderia ser a causa do tal sangramento.

Com a descoberta do pólipo começamos os preparativos para a remoção. Mais exames, burocracia com o plano de saúde para autorização do procedimento, paciência para aguardar agenda livre da médica para realizar a histeroscopia (procedimento cirúrgico realizado por dentro da vagina e do canal do colo uterino utilizando uma fina ótica que permite visualizar a cavidade uterina e identificar eventuais doenças existentes dentro do útero) ... E pronto, o tal pólipo foi removido! 

O procedimento foi relativamente simples, passei só a manhã no hospital e por conta da sedação, passei o resto do dia dormindo, ao acordar não senti dor, era mesmo só uma sensação de ardência interna, mas já voltei a trabalhar normalmente, só não podia fazer estripulias. Porém para minha surpresa, depois dos sete dias de repouso, o sangramento continuou como se nada tivesse acontecido.

Volto na médica, antes mesmo dos 15 dias de retorno que ela havia pedido e relato minha situação, foi quando ela veio me explicar, que quando fez minha histeroscopia, acabou achando um mioma dentro do meu útero, que também poderia estar causando o sangramento e assim foi, não era o pólipo que estava me fazendo sangrar e sim o tal mioma intramural (ele nasce e permanece na parede uterina. Em geral, os sintomas aparecem quando o tumor aumenta de tamanho e atinge a cavidade uterina causando sangramentos ou compressão dos órgãos adjacentes, como bexiga e intestino. Além disso, o mioma intramural pode distorcer a cavidade uterina causando a infertilidade. Quando o mioma intramural cresce demais, ele pode atingir tanto a cavidade uterina quanto a parte mais externa do útero. Neste caso, eles podem ser chamados de mioma transmural).

Junto com essa notícia veio a que eu teria que fazer uma cirurgia (o quanto antes) para remoção do mesmo (Cirurgia de mioma – miomectomia: a miomectomia é a retirada cirúrgica do mioma, que pode ser feito por um corte na barriga ou por videolaparoscopia. Apesar de ser uma técnica muito bem feita pelos ginecologistas, 1 a cada 3 mulheres não conseguem engravidar após a miomectomia, e como complicações observamos lesões de bexiga, intestino e ureter e as transfusões sanguíneas não são incomuns), então voltemos a estaca zero e comecemos tudo de novo (mais exames, burocracia com o plano de saúde para autorização do procedimento, paciência para aguardar agenda livre da médica e blá, blá, blá).

É exatamente neste último estágio que me encontro, já fiz todos os exames solicitados (que dessa vez foram vários) e a médica só tem agenda para fazer a cirurgia no dia 28 de maio, até lá não posso fazer nenhum esforço (incluindo, é claro, qualquer atividade física), pois aumenta o sangramento.

Não sinto dores fortes, porém em dias de fluxo intenso, sinto uma leve cólica, como em períodos menstruais e tenho sentido um pouco de fraqueza, creio eu que seja por conta do sangramento, pois já ultrapasso dos 60 dias sangrando sem parar, isso tem feito minha pressão cair vez por outra.

Mas voltemos à matemática, farei a tal cirurgia dia 28/05, sendo bem otimista, digamos que eu precise ficar de repouso apenas por uns sete dias, talvez na segunda semana de junho eu possa voltar aos poucos às minhas atividades físicas (se Deus quiser!!!).

Por conta dessa minha atual situação, minhas redes sociais andam pouco atrativas, fico triste com tudo isso e só reclamo, reclamo, me irrito e reclamo, mas...

Se mesmo assim quiserem saber notícias fresquinhas sobre mim, me acompanhem no snapchat carlaequilibrio, o coitado tem sido usado como divã, mas tem gente que fala que super se diverte com meus rompantes.

E por hoje é só pessoal, orem por mim, emanem pensamento positivo, pois acredito muito nesse poder e sei que no final tudo vai dar certo.










3 comentários:

  1. Estava orando por ti ha tempos, mesmo antes de saber do que realmente se tratava, soube através do snap. Minha mãe fez uma cirurgia parecida há cerca de 4 ano, o mioma dela estava enorme, e esta super bem, não sentiu nada, mas a recuperação foi mais do que 7 dias, pq no caso dela, o utero foi removido tb. Vc sabe que pode contar sempre comigo, com minhas orações e minha torcida. Pense numa maranhense que gosta de vc. E qd tudo isso se resolver, vc terá novamente a sua rotina. E ah, adoro seus snaps, desabafar faz bem né, ele é seu e use da forma que ti fizer bem. Agora pequena, vê se não faz estripulia viu.

    ResponderExcluir
  2. Minha linda! Eu sei...
    E quanto a pensamento positivo: eu tenho absoluta certeza que tudo dará certo e mais... Sua saúde vai ficar 100% Aí eu, que nem posso beber álcool, vou tomar uns gorós com você!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Imagino essa loucura que você está passando Carlinha, minha mãe também já passou por isso e deu tudo certo. Com você não será diferente! Falta pouco, logo logo vc volta a ativa. :)
    Beijoo

    ResponderExcluir