Biela

segunda-feira, setembro 12, 2016 Unknown 4 Comments


Uma leitora aqui do blog me chamou atenção por eu ainda não ter feito nenhum post sobre a nova integrante da família: Biela!

Realmente não tinha percebido isso e peço desculpas pelo esquecimento, é fato que as redes sociais tomaram conta de ossas vidas de uma maneira, que as veze até esqueço aqui desse meu cantinho, coisa que não deveria estar acontecendo, já que foi aqui que tudo começou.



Vou começar contando como Biela chegou em nossas vidas e já vou avisando que não estou "florindo" os fatos para ficar bonitinho, foi de vero muito especial.

Fernando e eu já vínhamos conversando um tempo sobre adotar uma outra cachorrinha para fazer companhia à Bolinha, já que mesmo depois de três anos ela continua muito inquieta e com a mesma agitação de um filhote.

Primeira foto da Biela enviada pelo amigo Gilson, perguntando se queríamos adotá-la


Foi quando um amigo nosso nos manda uma foto de uma linda filhote mestiça de pitbull com dálmata e foi amor à primeira vista... Seguido é claro da preocupação da mistura com pitbull, não vou ser hipócrita aqui e dizer que não temi a fama dessa raça tão incompreendida, mas depois de ler bastante sobre e conversar um bocado com a dona dos pais de Biela, me joguei geral e fui buscá-la imediatamente.

Esses são os pais de Biela

Carliane (sim, este é o nome da dona dos pais da Biela, coincidentemente é como se fosse meu nome ao contrário: AnaCarla- Carliane , acredito muito em sinais e já achei que isso era um sinal que tudo daria certo com Biela) me falou muito sobre Spike (pai de Biela), dizendo que ele era um amor, super tranquilo e super dócil, já a mamãe (que é a dálmata) que era muuuuito agitada, desobediente, bagunceira e doidinha (rsrs).

Mas enfim, todos concordaram e fui lá com meu amigo buscar essa figurinha, confesso também que fiquei louca com os outros filhotes (tinha um pretinho liiiindo, mas era macho), fiz amizade com o povo todo da casa e ainda estou devendo uma visita, vou levar Biela lá novamente umas quatro vezes maior, estou louca pra ver a reação deles ao revê-la.




Eu já tinha falado mais ou menos neste post sobre a personalidade dos nossos filhos de quatro patas, muita gente pensa que cachorro é tudo igual não é? Mas não é mesmo! Num outro post falo um pouco mais sobre a personalidade da nossa encantadora Biela, acho que por agora ainda não esta muito definida pois ela acabou de completar cinco meses, ainda tem muito que aprender.



O relacionamento dela com a Bolinha, foi até tranquilo enquanto ela era menor, pouco tempo depois de completar três meses ela já estava maior que a Bolinha, foi quando as coisas começaram a se complicar.

Apesar da Biela ser bem dócil e carinhosa, ela é muito forte e pior, não tem noção da força dela, então ela se joga, se bate, empurra, tudo isso brincando, só que com a sua força acaba nos machucando, imagina então a Bolinha que é bem menor agora.

Então Bolinha decidiu que não gosta da companhia da irmã e sempre que as coloco juntas no mesmo recinto é preciso ter uma supervisão adulta pra acalmar os ânimos, já Biela é louca pra brincar com a irmã e fica eufórica quando as colocamos juntas (esse é o problema, essa euforia só complica mais as coisas).

Para nossa tristeza não tem sido possível mantê-las muito juntas, nossa sorte é que moramos numa casa grande agora, então Bolinha é dona do quintal e a Biela é dona da casa, para passear também é inviável com as duas, então fica rolando um revezamento para tudo dar certo.



A parte mais legal de toda essa história é que Biela chegou em minha vida num momento super difícil (falei sobre isso neste post) e a presença dela me fez passar por tudo isso de uma maneira mais branda, tornando esse serumanozinho ainda mais especial pra mim.


Enquanto bebezinha parecia muito com pitbull, conforme foi crescendo tenho achado mais parecida com dálmata, porém sempre que passeamos algumas pessoas saem correndo, gritando: "-Cuidado com o pitbull", já outras nos param para perguntar qual a raça e dizer o quanto acha ela linda. Portanto o termo Sem Raça Definida cabe bem nesta situação.


Biela é gigante, mansinha, carinhosa, medrosa e desconfiada com desconhecidos.

Arrota e peida de montão...

Come tudo que encontra pela frente...

Odeia ficar sozinha.



Então é isso, aqui está o primeiro post (de muitos, eu espero) sobre Biela, que chegou miudinha com olhos azuis, conquistando todo mundo e assustadoramente não pára de crescer (ahhh, e seus olhos agora são esverdeados).


4 comentários:

  1. Idependente da raça é uma lindeza.
    Tem um olhar matador.
    Super charmosa!
    💖

    ResponderExcluir
  2. Carlinha, dá briga entre elas? Porque é normal o cao n ter noção da sua força, eles aprendem justamente nessas brincadeirascom outros cães. O adestrador do loki disse pra eu colocar ele com a tieta (dalmata) juntos no quintal e deixar eles se entenderem.

    ResponderExcluir
  3. Que delícia de bebezinhoooo! A começar pelo nome <3
    Linda, a Biela!

    ResponderExcluir